facebook youtube twitter

P Política

CDS-PP questiona regulador sobre incêndios em autocarros da TST

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Os deputados do CDS-PP Nuno Magalhães, Hélder Amaral e Pedro Mota Soares questionaram hoje a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) sobre incêndios em autocarros da TST - Transportes Sul do Tejo.

No Requerimento enviado ao regulador, os deputados do CDS-PP pergunta quantas ações de fiscalização à TST foram efetuadas pela AMT nos últimos dois anos e que avaliação foi feita acerca do respeito pelo contrato de concessão, se a AMT tem conhecimento de que os autocarros da empresa TST se têm incendiado e que diligências vão ser tomadas por parte da AMT no sentido de ultrapassar esta situação que coloca em causa a segurança dos passageiros.

Nos últimos meses têm ocorrido vários acidentes com autocarros de passageiros da empresa TST, que operam na margem sul, nomeadamente no concelho de Almada.

Nomeadamente, têm-se verificado incêndios nos veículos da TST, que consubstanciam um problema de extrema gravidade e colocam em causa a segurança dos passageiros, cada vez mais insatisfeitos com o serviço.

A AMT tem como funções, entre outras, a regulação e fiscalização do setor da mobilidade e dos transportes terrestres, bem como assegurar que os direitos e interesses da população, em matéria de mobilidade, transportes terrestres e infraestruturas rodoviárias, são cumpridos.

Neste âmbito, compete à AMT a supervisão dos contratos de concessão e subconcessão da infraestrutura rodoviária e, nomeadamente, a fiscalização do cumprimento das obrigações legais pelos operadores dos setores regulados de serviço público de transportes.

 

Fonte: CDS

Email:

geral@distritonline.pt / publicidade@distritonline.pt

Telefone:

916 797 042

Google Bottom