facebook youtube twitter

A Ambiente

Exposição itinerante “Ervas Espontâneas na Cidade”

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 

A abertura terá lugar hoje, dia 6 de dezembro, às 18:30h no Pólo Cultural da Freguesia de S. Vicente, sito no Campo de Sta Clara, 60 (junto ao Panteão Nacional) em Lisboa.

 

Henrique Vogado 1

 

Apesar da nova autorização do herbicida glifosato na União Europeia, herbicida amplamente usado em meio urbano e na agricultura, a Quercus e muitas outras organizações congéneres e plataformas continuam a promover alternativas a este químico com impactos negativos na saúde e no ambiente. A Quercus, além da campanha própria Autarquias sem Glifosato/Herbicidas, tem colaborado no projeto a nível europeu Localidades sem Pesticidas http://www.localidades-sem-pesticidas.info da PAN – Pesticide Action Network, da qual a Quercus é membro.

Com as primeiras chuvas e orvalhos do outono a paisagem torna-se verde devido às ervas espontâneas que emergem depois da secura da época estival, que este ano se prolongou até meados de outubro, e com isso o uso dos herbicidas intensifica-se, pelo que urge mudar esta prática.

Na opção sem herbicidas não basta muitas vezes substitui-los simplesmente por meios e equipamentos alternativos e portanto é necessária uma abordagem mais abrangente que passa por uma maior aceitação das ervas espontâneas o que pressupõe uma mudança de mentalidades da população face às ervas espontâneas em espaço urbano. De facto, muitas ervas espontâneas têm valor estético, encontrando-se um pouco por todo o lado, nas caleiras de árvores, nas bermas, jardins, etc. Em várias cidades da Europa já são assumidas como parte do espaço público.

Nesse sentido, a Quercus fez este ano uma proposta aos Urban Sketchers Portugal (USkP), associação que promove o desenho em cadernos ou diários gráficos, no sentido de lançar o desafio de desenhar as ervas espontâneas em ambiente urbano. O movimento dos Urban Sketchers é alicerçado num manifesto coletivo próprio e está em plena expansão em Portugal, tendo já realizado inúmeras iniciativas coletivas por todo o país e numerosos desafios de desenho.

O desafio de desenho decorreu durante o mês de Maio e até 21 de junho de 2017. Apresentam-se na exposição a maior parte dos desenhos enviados pelos participantes, sendo mostrado pelo menos um desenho de cada autor. Esta exposição é itinerante e como tal estará disponível a outras entidades e autarquias interessadas em acolhê-la.

Para mais informações sobre a abordagem sem herbicidas em espaços públicos estão disponíveis as comunicações e conclusões do encontro nacional “Alternativas aos Herbicidas: exemplos e testemunhos”, realizado a 30 de março do corrente ano em Lisboa, no website da Quercus.

 

Fonte: Quercus

Email:

geral@distritonline.pt / publicidade@distritonline.pt

Telefone:

916 797 042

Google Bottom